Logo Digaí

DA SALA DE AULA AO INFROEMPREENDEDORISMO

Há 16 anos atuando com marketing na internet, Felipe Pereira tem uma agência digital focada em desenvolvimento web, é coordenador do curso de pós-graduação em Comunicação e Marketing em Mídias Sociais pela Estácio do Recife, proprietário da empresa Digaí e palestrante.

Felipe fez um curso chamado Fórmula de Lançamento, elaborado pelo empreendedor Érico Rocha, vivenciou o seu primeiro contato com infoprodutos.  O mundo de startups lhe foi apresentado em 2011 em um evento do Startup Weekend. “Já cheguei a ter uma startup, mas no momento ela está em stand-by. O site está no ar, mas não estamos em captação de clientes (www.educbase.com)” comenta.

Ao ministrar aulas e coordenar a pós-graduação ao mesmo tempo, Felipe tem seus negócios e acaba unindo a parte acadêmica com o mercado digital. Uma das suas empresas, a Digaí, tem um apelo ao desenvolvimento de informação e formação profissional.

 

Felipe Pereira

 

“Assumi como missão ajudar as pessoas a realizar seus sonhos utilizando a Internet”

Felipe Pereira

 

 

 

 

 

 

Por ser um empreendedor da área do marketing digital e também com experiência de startup, Felipe orienta muitos de seus alunos em pesquisas nesse ramo. “É comum alunos meus realizarem trabalhos de conclusão de curso sobre marketing digital e startups. No momento, por exemplo, tenho alunos pesquisando o que faz alguns blogs se destacarem e outros estudando as características dos infoempreendedores de sucesso”.

Felipe pretende concluir o doutorado para conseguir se dedicar mais à carreira profissional. “Minha missão é ajudar as pessoas a realizarem seus sonhos utilizando a Internet”, esclarece ele. Para realizar este trabalho ele tem investido localmente com seus alunos de graduação e pós, mas sua intenção é ganhar escala de maneira online. Seu projeto ainda não está desenhado, mas estará ligado à formação de pessoas em marketing digital através da internet.

A Internet oferece hoje grandes oportunidades profissionais, quer você atue com startups, e-commerce, empreendedorismo digital, agência, prestação de serviços autônomos ou em um negócio físico. Esta é uma das razões que motiva Felipe a manter o projeto Digaí, pois ele pode ajudar as pessoas que atuam de algum modo no meio digital.

 

3 Dicas de Felipe Pereira para quem quer ser um infoempreendedor:

  • Busque bastante conhecimento através de blogs, livros e cursos.
  • Coloque tudo em prática e ganhe experiência.
  • Faça networking. Estar acompanhado por pessoas da área, com conhecimento e experiência, vai ajudar muito.

 

Comentários

Comentários